SÃO PAULO - A casa do prefeito Daniel Ferreira da Fonseca, chefe do executivo de Cajamar, na Grande São Paulo, foi invadida, por volta das 9 horas de sexta-feira, 22, após três de quatro bandidos, que chegaram em um Kia Sorento prata, dominarem um dos empregados estava na porta do imóvel, localizado numa travessa da Avenida Tenente Marques, no bairro do Polvilho.

Ao entrarem na residência, os criminosos dominaram um segundo empregado, o filho do prefeito, Lucas, de 14 anos, e a esposa dele, que estava no banho e foi obrigada a sair do banheiro pois o trio pensou que a vítima poderia estar de posse de algum celular. Vizinhos estranharam a movimentação e ligaram para a Polícia Militar. Homens da 3ª Companhia do 26º Batalhão foram acionados, mas não chegaram a tempo de deter a quadrilha, que fugiu no mesmo carro.

A assessoria de imprensa do prefeito afirmou que Daniel, no momento da invasão, já estava na Prefeitura. Ninguém ficou ferido e nada foi levado da casa, segundo ainda a assessoria do prefeito. O caso foi registrado no 1º Distrito Policial, do Polvilho.