estadao.com.br (© Grupo Estado - Copyright 1995-2010 - Todos os direitos reservados.)
Atualizado: 13/02/2014 09:03 | Por Marcelo Gomes, estadao.com.br

Após morte de jovem em tiroteio, moradores de favela com UPP incendeiam três ônibus

Protesto foi realizado após a morte de um adolescente de 17 anos durante um suposto tiroteio entre traficantes e policiais


RIO - Moradores do Morro São João, no Engenho Novo, zona norte do Rio de Janeiro, incendiaram três ônibus durante um protesto no final da noite de quarta-feira, 12. O fogo atingiu fios de alta tensão e se espalhou para três lojas da Rua Barão do Bom Retiro, a principal do bairro, que foi interditada na altura da Rua Araújo Leitão, sentido Méier. Foram destruídos um açougue, uma papelaria e uma imóvel comercial que está fechado.

O protesto foi realizado após a morte de um adolescente de 17 anos durante um suposto tiroteio entre traficantes e policiais militares da Unidade de Polícia Pacificadora (UPP). A favela possui uma UPP desde 2011.

Quatro suspeitos de atear fogo aos ônibus foram detidos e encaminhados à 25ª Delegacia de Polícia (Engenho Novo).

Bombeiros do Quartel de Vila Isabel foram mobilizados para debelar as chamas. A Rua Barão do Bom Retiro foi interditada no final da noite e foi liberada ao trânsito por volta das 5h.

Vídeo

mais vídeos »

MSN Brasil no Facebook

para cimapara baixo