estadao.com.br (© Grupo Estado - Copyright 1995-2010 - Todos os direitos reservados.)
Atualizado: 12/02/2014 13:55 | Por Fernando Nakagawa, da Agência Estado, estadao.com.br

Brasil produzirá 8% a mais de petróleo por dia em 2014, diz Opep

A produção diária de petróleo e derivados crescerá 200 mil barris no Brasil neste ano, passando para 2,8 milhões de barris por dia


LONDRES - A produção diária de petróleo e derivados no Brasil deverá crescer em 200 mil barris em 2014, o equivalente a 8% de elevação. A previsão foi apresentada nesta quarta-feira, 12, pela Organização dos Países Exportadores de Petróleo (Opep). Relatório divulgado pela entidade diz que a produção nacional deve aumentar dos 2,6 milhões de barris por dia, em 2013, para 2,8 milhões de barris por dia, neste ano.

Para a Opep, o crescimento brasileiro será verificado especialmente no segundo semestre, quando entram em funcionamento novas áreas de exploração. Para a entidade, a produção média diária deve ficar em 2,7 milhões de barris no primeiro e segundo trimestres de 2014, mesmo nível observado nos últimos três meses de 2013. Em seguida, o volume diário crescerá para 2,8 milhões de barris no terceiro trimestre e alcançará 2,9 milhões de barris entre outubro e dezembro.

No documento divulgado nesta manhã, a entidade diz que o desenvolvimento de novas áreas de exploração marítima permitirá ao Brasil aumentar a produção ao longo dos próximos meses. "A produção da Petrobras terá crescimento no curto prazo em projetos que incluem Baleia Azul, Papa Terra, Peregrino, Sapinhoá, Lula e Lara. Roncador é um dos maiores e mais importantes projetos do portfólio da Petrobras, especialmente no curto prazo", diz a Opep.

Apesar dessa avaliação positiva sobre o curto prazo, a Opep nota que a estatal brasileira tem registrado alguns problemas. "A Petrobras está enfrentando desafios significativos na manutenção dos níveis de produção na Bacia de Campos, onde há queda mais elevada que o esperado na produção e um baixo nível no desempenho operacional em alguns dos ativos", diz o documento.

América Latina. A demanda diária por petróleo na América Latina deverá crescer 240 mil barris durante 2014, segundo previsões da Opep. Para a entidade, o número pode ser ainda maior porque o Brasil pode surpreender positivamente. A Opep diz que os grandes eventos esportivos que serão realizados no País representam um "risco de alta" para a demanda latino-americana de petróleo.

Segundo a entidade, o ano deve registrar demanda média de 6,74 milhões de barris por dia na soma de todos os países latino-americanos. O volume representa alta de 3,7% na comparação com 2013. No ano passado, a demanda média ficou em 6,5 milhões de barris por dia na América Latina, alta de 3,6% ante 2012.

Turbulências. A recuperação econômica da zona do euro e dos EUA está impulsionando a demanda por petróleo além das expectativas, analisa a Opep. A turbulência nos mercados emergentes, no entanto, pode representar um risco à perspectiva positiva.

Em seu relatório mensal, a Opep revisou para cima as previsões para o crescimento da demanda por petróleo este ano em 50 mil barris por dia, para 90,98 milhões de barris por dia. O grupo - que produz mais de um terço do petróleo consumido globalmente a cada dia - citou a melhora nas economias da UE e dos EUA como motivo para a nova previsão e disse que ela será ajustada novamente se a tendência continuar.

Vídeo

mais vídeos »

MSN Brasil no Facebook

para cimapara baixo